<$BlogRSDUrl$>
Universos Assimétricos

Uma História de Agressão

31.7.07

Falo de um país… 


(Este post, que subscrevo, é reproduzido do fotoblog «O que mais gosto em televisão são os pássaros nas antenas» do qual sou visitante regular)

Não creio que a minha opinião seja particularmente relevante. Pelo menos APENAS a minha opinião!
Mas a opinião que tinha sobre este país, que já era bastante má, ficou agora mais por baixo que barriga de jacaré.
É que, a dar fé num artigo de jornal de hoje:


As autoridades norte-americanas vão ter acesso a dados pessoais sensíveis dos cidadãos europeus que viajem para aquele país. "Origem racial ou étnica, opiniões políticas, crenças religiosas ou filosóficas, adesão a sindicatos" e ainda dados sobre a orientação sexual, saúde e sobre companheiros de viagem são algumas das 19 categorias a serem inseridas no novo sistema de registo de passageiros, revelou esta semana o diário Washington Post. Os Estados Unidos queriam manter as actuais 34 categorias de dados, nem todos sensíveis.
O sistema, assinado quinta-feira nos Estados Unidos, permite a transferência destes dados para o departamento norte-americano de segurança interna (Department of Homeland Security ou DHS), que os poderá guardar durante 15 anos - sete dos quais como "ficheiro activo" e os restantes oito com acesso restrito -, revelou Michael Chertoff, responsável máximo do DHS. Actualmente o prazo é de três anos e meio. Os responsáveis dos EUA avisaram a União Europeia de que a eliminação total dos dados deverá ser abordada em futuras conversações.


*Falo de um país que teve o seu primeiro conflito armado internacional, depois do da independência, no Mediterrâneo, contra um país norte africano, por não gostar de ver os seus navios taxados à passagem;
*Falo de um país que se construiu com base em genocídios não punidos até hoje, e em que, para além de matarem os nativos, retiravam as crianças das suas culturas para serem educadas em escolas de brancos;
*Falo de um país onde, em algumas cidades, as multas por se fumar em locais públicos são muito superiores às de se possuir armas de guerra;
*Falo de um país que mantém uma prisão de grandes dimensões, instalada em território não nacional e onde retém sem culpa formada, sem acesso a defesa ou a observação internacional, suspeitos de pertencerem a organizações catalogadas como “terroristas” e apenas por este país;
*Falo de um país que recusa a jurisdição de tribunais internacionais sobre os seus agentes, secretos ou militares, eventualmente acusados de crimes contra a humanidade ou outros de menor gravidade;
*Falo de um país que recusa assinar acordos internacionais sobre redução de resíduos e emissões de CO2, bem como de outras medidas de contenção sobre o efeito de estufa e o aquecimento global;
*Falo de um país onde quem não possuir seguro de saúde privado é tratado como gado nos hospitais públicos, se chegar a ser tratado de todo;
*Falo de um país que, sob acusações falsas e sabidas como tal, declarou guerra e invadiu um outro, que ainda ocupa e onde causou dezenas de milhar de mortos entre os invadidos;
*Falo de um país que, fazendo-se arauto da paz, da liberdade e da democracia, tem estado envolvido em todos os conflitos armados de média ou grande dimensão em todo o mundo nos últimos cem anos, que possui bases militares nos quatro cantos do globo e prisões discretíssimas em tudo quanto é local, à revelia das autoridades desses mesmos países;
*Falo de um país que tem dado apoio logístico, político e económico a todas as ditaduras e oligarquias dos seus vizinhos da América Latina, desde que não de esquerda;
*Falo de um país que, não sendo o meu de origem nem onde resido, estando do outro lado do atlântico, e onde não posso intervir com actos ou opiniões, toma medidas políticas, económicas e militares que afectam a minha vida e as dos que me cercam;

Falo de um país que me incomoda cada vez mais! Que não tenciono visitar e que, pudesse eu decidir e influir, receberia por cá tratamento equivalente!

posted by perplexo  # 01:32
Comments:
E não fala tudo. Lá mais para o Outono vou iniciar uma série de publicações sobre o lado mais obscuro dos americanos, historiando diversos períodos da existência daquele país. Tenho a certeza que vai ser uma caixinha de surpresas, pelo menos para muitos.
Um abraço. Augusto
 
http://lumerkoz.edu Good crew it's cool :) [url="http://soundcloud.com/altace"]altace side effects[/url] supelco [url="http://www.comicspace.com/esomeprazole/"]esomeprazole[/url] groupa jhonpri [url="http://riderx.info/members/Buy-Doxycycline.aspx"]doxycycline side effects[/url] storytellers pollutionit [url="http://www.lovespeaks.org/profiles/blogs/buy-valtrex"]valtrex side effects[/url] freethis prospectivas [url="http://barborazychova.com/members/Buy-Levaquin.aspx"]levaquin[/url] sbdcs
 
Me and ozzy fucked harder, trying to show to my god! FUCK YES!
' just before cumming inside my warm pussy. were still fucking

My blog hcg injections
 
Eхcellent post howevеr , I was wanting to knоw if you cοuld write а litte
mоre оn this topіc? I'd be very grateful if you could elaborate a little bit further. Appreciate it!

Look at my blog post hcg side effects
my page > hcg prescription
 
Enviar um comentário

28.7.07

Fruta da época 





A meloa

Comments:
Comente o nosso blog. Um blog que critica desde famosos a aconteciementos. Noticias fresquiquinhas. Divirta-se com a nossa má lingua.

Comente com o login feito.

Méé.
 
Enviar um comentário

25.7.07

Devia haver limites para a palhaçada 



(em Aveiro)

Inesperadamente , até nem desgosto. É pena é que esteja atribuido a uma actividade que promove a violência e tão incapaz de se auto-sustentar que precisa de grossas fatias do dinheiro de todos nós, para instalações, e de dinheiro da Santa Casa, para a gestão corrente.

Nada impede que seja reconvertido. Deve ter espaço para um centro de saúde, 2 ou 3 escolas e ainda deve sobrar para a prática efectiva de várias actividades desportivas reais por alargadas faixas da comunidade da borda-d'água.

Comments:
Isto é gozar com o pagode... ou será um pagode?
 
Enviar um comentário

20.7.07

Tridimensional 




A calçada portuguesa tem aspectos espantosos!

Comments:
Pois tem...tens toda a razão. Beijos.
 
A calçada e a manifestação, bem apanhado
Saudações
 
São as ondulações onde o povo flutua. O efeito é perfeito.
Um abraço. Augusto
 
A calçada portuguesa é, quanto a mim, uma das maiores imposturas nacionais. É instável, insegura, escorregadia, CARA, imprópria para carrinhos de bebé, cadeiras de rodas, distraídos, canadianas e SALTOS de sapatos femininos. Cavalheiros, a calçada nacional é uma das grandes fontes de sofrimento das mulheres, que, tal como os senhores, também pagam os seus impostos! Então, sempre tão solícitos a abrir portas, passar em segundo lugar e a fazer vénias e ainda não se compadeceram do tormento que é andar com os saltos dos sapatos a enterrarem-se no chão a cada três segundos?!!! Mulheres e homens usam sapatos diferentes, viram? É um dos aspectos da diferenciação que todos apreciamos, não?
Há tradições que são verdadeiras encasinações...
(A foto não deixa de ser bonita.)
Bj.
Luíza
 
Não me tinha apercebido de tais malefícios da tradicional calçada portuguesa, feita de pequenos blocos de calcário e basalto justapostos. É claro que também não tenho a experiência de andar nela de saltos altos...
Vou passar a estar mais atento!
Bj
 
Enviar um comentário

16.7.07

Fruta da época 




O pêssego amarelo

Comments:
Então como foram os versículos satânicos?
Um abraço. Augusto
 
que bela fruta! é do teu pomar?!!
 
Não, não! É de uns vizinhos jovens e desinibidos.
 
quando uma vez disse no meu blogue ser uma paranónia a "apresentação" pública do/os blackangel pensava que tinha razão, não?
então deixo-lhe aqui um endereço de um blog suck and smile, basta procurar no google e vá lá ver quem é "acusado" agora de ser o blackangel.
nem mais nem menos: o Augusto do Klepsidra. mais uma vez os neturianos atiraram a quem lhes deu na gana. mais uma injustiça, como as anteriores.
devo ser uma pessoa muito odiada na net, mas não sou de modo algum o Augusto.
só deixo aqui este comentário porque no suck and smile, os meus não aparecem.
bom dia!
 
Prefiro os vermelhos.
Beijo
 
mas que fruta sim senhor, danadinho para abrincadeira
Saudações
 
Obrigado, mas não sei jogar isso!
Aliás, é um jogo muito destrutivo. Já vi várias pessoas magoarem-se.
Joguem sem mim!
 
Não acertou, não tem musica.
a resposta certa é..... Alto da Ajuda.
Saudações ecuidado com a fruta
Bom fim de semana
 
Enviar um comentário

13.7.07

Fruta da época 





O pêssego careca

Comments:
A foto está boa , o pessego é enganador
Quanto á torre, a verdade é que todas as torres de Veneza ,cada vez a sofrer maior inclinação
e esta não é excepção, talvez a foto tenha ajudado, mas com tanta gente por vezes se torna dificil o melhor algulo
Saudaçõwes volta sempre
 
Caro amigo,
Se Cesário Verde tivesse podido dispor de máquinas fotográficas tão sofisticadas, teríamos porventura perdido um dos poetas nacionais mais deliciosos e originais... Também ele via coisas fantásticas nos frutos e legumes, como terá por certo lido. Evocados com palavras inspiradas pelo do seu coração de poeta, ganharam uma dimensão ainda mais gloriosa - se é que à sua inexcedível beleza algum mortal poderá alguma vez acrescentar alguma coisa...
Bj.
Luíza
 
Enviar um comentário

10.7.07

Casa portuguesa - Casa lisboeta 


Um gracioso equipamento urbano – instalações sanitárias, actualmente desactivadas – instalado no Jardim do Campo Grande, com inspiração na Casa Portuguesa teorizada por Raul Lino.



Em 2007

Poderá servir como metáfora do estado da Cidade - bonita mas degradada - e da Câmara - inoperacional?

Comments:
Estas são apenas duas das fotos possíveis para este teu texto.
Beijos
 
Enviar um comentário

6.7.07

Best of... Julho de 2006 


Insensatos

Vêem-se as imagens de Beirute e sente-se uma repulsa imensa.

Israel podia ter razão de se sentir irritado com as provocações do Hezbolah, mas teve, está a ter, uma resposta completamente desproporcionada. Ataca as estruturas civis do Líbano: pontes, estradas, energia, combustíveis. Ataca os civis, autocarros, casas, cidades. A sua raiva é cega. Apoia-se numa arrogância extrema. Quer destruir o inimigo e todos os que com ele convivem.

Os actuais israelitas não têm nada a ver com as vítimas dos nazis. Estes israelitas não são vítimas, são agressores. À falta de termo actual que defina a total barbárie que praticam só lhe podemos chamar: os nazis israelitas. Delapidaram toda a simpatia que granjearam como vítimas. Agora são agressores arrogantes.

Dizem que foi o inimigo que começou. Como se o começo não estivesse lá para trás, nas dezenas de anos que ocupa território que lhe não pertence, nas humilhações que inflige aos palestinianos, nos anos que ocupou este mesmo Líbano, nos massacres que perpetrou em Sabra e Chatila. A situação recente não era de estabilidade, era e é de um grande desequilíbrio a favor de Israel. Acusa o adversário de não aceitar Israel, como se fosse agradável ter um vizinho como Israel, como se Israel aceitasse os vizinhos.

Quem assim ataca um vizinho manifesta que não tem nenhuma intenção de algum dia viver em paz com ele. Não pensa no futuro. Não quer ver que vai ser cada vez mais odiado pelos vizinhos. Pensa esmagar o adversário, dobrá-lo pela força. Agora e cada vez que for preciso. Como insensatos, não acautelam o futuro. Agem com a arrogância da força actual, sustentada na protecção dos Estados Unidos. Como se os Estados Unidos existissem para sempre.

Insensatos!

Comments:
É usual dizer-se: enquanto o pau vai e vem, folgam as costas.
Um abraço. Augusto
 
Enviar um comentário

Archives

links to this post

Agosto 2003   Setembro 2003   Outubro 2003   Novembro 2003   Dezembro 2003   Janeiro 2004   Fevereiro 2004   Março 2004   Abril 2004   Maio 2004   Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Junho 2005   Julho 2005   Agosto 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007   Abril 2007   Maio 2007   Junho 2007   Julho 2007   Agosto 2007   Setembro 2007   Outubro 2007   Novembro 2007   Dezembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Abril 2008   Maio 2008   Junho 2008   Julho 2008   Agosto 2008   Setembro 2008   Outubro 2008   Novembro 2008   Dezembro 2008   Janeiro 2009   Fevereiro 2009   Março 2009   Abril 2009   Maio 2009   Junho 2009   Julho 2009   Agosto 2009   Setembro 2009   Outubro 2009   Novembro 2009   Dezembro 2009   Janeiro 2010   Fevereiro 2010   Março 2010   Abril 2010   Maio 2010   Junho 2010   Julho 2010   Agosto 2010   Setembro 2010   Outubro 2010   Novembro 2010   Dezembro 2010   Janeiro 2011   Fevereiro 2011   Março 2011   Abril 2011   Maio 2011   Junho 2011   Julho 2011   Agosto 2011   Setembro 2011   Outubro 2011   Novembro 2011   Dezembro 2011   Janeiro 2012   Fevereiro 2012   Março 2012   Abril 2012   Maio 2012   Julho 2012   Agosto 2012   Setembro 2012   Outubro 2012   Novembro 2012   Dezembro 2012   Janeiro 2013   Março 2013   Abril 2013   Maio 2013   Julho 2013   Agosto 2013   Setembro 2013   Novembro 2013   Janeiro 2014   Março 2014   Maio 2014   Julho 2014   Agosto 2014   Janeiro 2015   Fevereiro 2015   Maio 2015   Junho 2015   Setembro 2015   Outubro 2015   Dezembro 2015   Abril 2016   Julho 2016   Setembro 2016   Novembro 2016  

Perdidos no Hiper-Espaço:

Em quarentena (Vírus linka-deslinka):

Desembarcados num Mundo Hospitaleiro:

Pára-arranca:

Sinais de Rádio do Espaço Cósmico:

Tele-transportes:

Exposição Temporária:


referer referrer referers referrers http_referer

This page is powered by Blogger. Isn't yours? Mail