<$BlogRSDUrl$>
Universos Assimétricos

Uma História de Agressão

29.12.10

Presidenciais – votar em quem? 


Pode-se votar sem objectivos, só por votar, ou com intervenção vincada.

Há um candidato em que não votarei – Cavaco. Cavaco é a continuidade da linha liberal do salazarismo. É um candidato, digamos, medieval. É um candidato que faz questão em se afirmar cativo de uma determinada facção religiosa, como se, em vez de candidato a Presidente da República, fosse candidato a principal do convento. E também é medieval a sua reverência para com os suseranos dos tempos modernos – os bancos.

(É asqueroso o cuidado em não criticar os credores de Portugal, para que estes não fiquem melindrados, como se eles norteassem os seus investimentos por impulsos emocionais ou birras revanchistas. Ridículo!)

Em termos matemáticos, é irrelevante em qual dos restantes candidatos se vote na primeira volta. Desde que não se vote em Cavaco, qualquer outro voto é um voto útil, é um voto que pode evitar que Cavaco ganhe à primeira volta.

Mas um voto pode ser uma declaração de princípios, nem que seja só para si próprio.

Para escolher em quem votar na primeira volta, basta-me saber responder a duas ou três perguntas:
– Que candidato, sendo Presidente, não autorizaria o envio de tropas para o Afeganistão e o Iraque? (Estas são guerras de interesse imperialista de que países que prezam os direitos dos povos se devem abster.)
– Que candidato, sendo Presidente, não autorizaria o desbaratamento dos dinheiros públicos em empreendimentos baseados em esquemas financeiros do tipo “pirâmide”, como o BPN? (Estes são negócios procurados por quem quer lucro fácil e baseados em esquemas improdutivos especulativos. São alheios ao Estado e assim devem continuar.)

Respondendo a estas duas questões, sei em quem votar – só sobrará um ou dois!
Simples, não?

posted by perplexo  # 21:42

23.12.10

Sofisma e desfaçatez 


Como Hilary, no início das últimas revelações da Wikileaks, também o embaixador americano em Lisboa teve há pouco a mesma saída hilaryante – que a divulgação dos telexes das embaixadas põe vidas em risco.

Por volta do mesmo dia, os americanos aprovaram um orçamento de 121.000.000.000 € (121 mil milhões de euros) para gastar em 2011 nas guerras que desenvolvem no Iraque e no Afeganistão.

Aposto 999 contra 1 em como esta aprovação vai, não só, pôr muitíssimo mais vidas em risco, como garantidamente vai acabar com milhares delas.

Comments:
hilaryante:) mto bom catatau
 
Aposta que ganhas, p'la certa
 
Enviar um comentário

18.12.10

Objectivo do dia: ataque à Time Magazine 


A Personalidade do Ano eleita pelos leitores da Time Magazine foi Julian Assange, por grande margem de votos. No entanto, a revista, cedendo às pressões governamentais, declarou uma escolha mais “politicamente correcta” – o criador do Facebook.
Em vista destas cobardia e falta de ética, o grupo Anonymous declarou que vai atacar hoje o site da Time Magazine: «to declare war on Time Magazine and erase their existance from the internet

Impressiona a confiança no sucesso.

17.12.10

«Esta é a madrugada que eu esperava Onde emergimos da noite e do silêncio» 


Wikileaks: plataforma petrolífera da BP explode no Azerbeijão

«Uma forte explosão, que provocou uma enorme fuga de gás, ocorreu em setembro de 2008 numa plataforma petrolífera explorada pela BP no Azerbeijão, segundo telegramas diplomáticos norte-americanos revelados pelo WikiLeaks e hoje publicados pelo diário britânico The Guardian.
A BP conseguiu retirar a tempo os seus 212 funcionários após o incidente que conduziu ao encerramento de duas plataformas e à cessação da produção, indicou a mesma fonte, referindo que a empresa britânica reconheceu os factos.»

WikiLeaks: líder do BCP quis vigiar contas do Irão
«Carlos Santos Ferreira, presidente do Millennium bcp, terá proposto um acordo aos Estados Unidos para fornecer informações sobre as actividades financeiras do Irão, aproveitando as relações comerciais entre aquele banco privado português e o regime iraniano.»

Pfizer terá pago a procurador para desistir de processo
«a Pfizer, maior farmacêutica do mundo, contratou investigadores para descobrir provas de corrupção contra o procurador-geral da Nigéria, Michael Aondoakaa, para o fazer desistir de uma acção contra a empresa.
No julgamento em causa, o Estado nigeriano acusava a Pfizer de ter fabricado um novo antibiótico (Trovan) com efeitos nocivos em crianças com meningite tratadas nos hospitais do país durante uma epidemia da doença, ocorrida em 1996, conta o "Guardian".»

Diplomacia americana perde fonte alemã
«Os documentos diplomáticos americanos divulgados a conta-gotas pela WikiLeaks estão a comprometer a diplomacia dos EUA em todo o mundo, a embaraçar dirigentes estrangeiros e a queimar fontes americanas. A fuga de informação fez ontem a sua primeira vítima na Alemanha, com o anúncio do afastamento de Helmut Metzner, colaborador próximo do ministro dos Negócios Estrangeiros Guido Westerwelle.
Reconhecido nos telegramas como fonte de informação (é acusado de ser a "garganta funda dos americanos")»

EUA pedem à Europa que prenda fundador do Wikileaks

16.12.10

Um Estado imperial e totalitário 


Os documentos revelados pelo WikiLeaks fornecem uma imagem bastante nítida da tendência americana para controlar todos os países do globo. Alguém se sente livre num mundo assim?

E todos sabemos até onde vai esse controlo: apoio económico a partidos pró-americanos; embargos; assassinatos; fornecimento de armas a grupos opositores de regimes não-pró-americanos; invasões; matanças. Isto só no aspecto político. No económico, leia-se capitalismo como guerra de saque sub-reptício, se houver opinião pública, ou às escâncaras, se não.

15.12.10

WikiLeaks – estar informado é defendê-lo 


A importância dos factos que as revelações do WikiLeaks sugerem é inestimável. O que já se soube é muito relevante e faz crescer a expectativa do que se seguirá.

É conveniente lembrar que ainda só foram revelados 1344 dos 251287 telegramas, ou seja, apenas 0,53% (cerca de meio por cento). Portanto, falta revelar quase 200 vezes tanto como o que foi revelado até agora.

Esperemos que a WikiLeaks os consiga publicar, apesar dos ataques dos americanos.
Por mim, considero um dever de cidadania manter-me informado sobre os factos revelados, mas também sobre a luta para os divulgar.

Deixo aqui mais alguns links que me têm ajudado neste intento:

http://www.facebook.com/WkileaksPT#!/WkileaksPT?v=wall

http://www.facebook.com/pages/Defend-WikiLeaks/154795831233090?v=wall

http://twitter.com/wikileaks

http://www.orkut.com/Main#Community?cmm=109052377 (esta comunidade, como site Orkut, exige uma identidade Google)

11.12.10

Rede de notícias WikiLeaks 


A importância do fenómeno WikiLeaks, para uma maior transparência do mundo, e os ataques a que está sujeito, aconselham a estabelecer redes que se apoiem mutuamente, em que a informação é a ferramenta mais importante.

Deixo aqui dois links que me parece conveniente visitar com regularidade. O

http://www.tugaleaks.com/

é o resultante do primeiro alojador Wikileaks em Portugal.


O segundo

alega pretender coligir notícias importantes sobre o fenómeno.

10.12.10

Lula - um exemplo 


Gostava de ver mais chefes de Estado com a lucidez e a coragem deste Lula, do Brasil:


O que é o WikiLeaks? 


Um muito sério documentário (57 minutos):

http://svtplay.se/v/2264028/wikirebels_the_documentary

Concentração em Apoio à WikiLeaks 

Body Count 


O primeiro sítio .pt (http://wikileaks.ruicruz.pt/) a alojar os documentos Wikileaks acaba de cair, passando a dar notícias sobre o assunto, apenas. O seu proprietário confessou ter medo. É compreensível.

A luta está renhida: os americanos tentam fechar os sítios onde os documentos são alojados e malograr os meios de financiamento do Wikileaks: Amazon, PayPal, Visa, Mastercard.
Os apoiantes do WL, reunidos sob o nome genérico de Anonymous, contra-atacam quem boicota o sítio. Resultado: o sítio Visa foi abaixo. O lobby do capital e da agressão fecha os sítios de reunião e de apoio do Wikileaks (Twitter, Facebook), enquanto os apoiantes multiplicam a criação de outros sítios de reunião e comunicação.

Cada vez mais parece que estamos no início de uma revolta mundial, muito ténue, tacteante, mas que pode crescer e atingir objectivos assinaláveis. Como diz Assange: uma fuga de informação pode mudar o mundo.

«As massas provaram o sabor da transparência, mesmo que por portas travessas, e sentiram o cheiro a podre que está por trás de muitos governos e do modo como estes nos governam pela mentira, nos levam a guerras forjadas, a crimes de guerra ocultados, a negociatas diplomáticas para favorecer grandes grupos económicos, a violações dos direitos humanos, a um universo de podridão moral em que os senhores do mundo chafurdam de sorriso na cara com apertos de mão e palmadinhas nas costas em cimeiras e jantares diplomáticos.» - Movimento Partido Pirata Português

Entretanto, o Bloco também assumiu alojar aqueles documentos. O link é este: http://wikileaks.liberdadedeexpressao.net/

9.12.10

O prémio Nobel da Paz arrastado pela lama 


Há um ano, o comité para o Nobel da Paz atribuiu esse galardão a Obama. Foi um lamentável equívoco. Não só ele mantinha, na altura, duas frentes de guerra, como desde então, continua a ocupar o Iraque, tem aumentado a força militar de ocupação do Afeganistão e acaba de adiar indefinidamente o fecho da prisão, anti-Convenção de Genebra, de Guantánamo.

É lamentável atribuir prémios da paz a líderes de potências agressoras, como Obama, Kissinger ou Rabin. Melhor escolha seria alguém como Julian Assange que, em vez de invadir países, expõe quem o faz.

6.12.10

Valha-nos São Assange 


A divulgação das habituais sacanagens dos “amigos americanos”, proporcionada pelo Wikileaks, é a minha única esperança de saber que serviços relevantes Paulo Portas prestou aos americanos, enquanto ministro da Defesa de Portugal, para aqueles o condecorarem.
Já que a investigação jornalística nada conseguiu… valha-nos São Assange.

5.12.10

Raro momento em que um acto de um cidadão vulgar pode ter uma importância ímpar para a Humanidade 


O Wikileaks, especializado na divulgação de documentos secretos e vítima de ciber-ataques, apelou hoje aos internautas para criarem 'sites-espelho' nos quais o seu conteúdo ficaria acessível, para tornar «impossível» a sua supressão da Internet.

O Wikileaks explica no seu site estar a ser «vítima de grandes ataques» informáticos.

«Para que seja impossível suprimir completamente o Wikileaks da Internet, precisamos da vossa ajuda. Se tiverem um servidor Unix que aloje um 'site' da Internet e se quiserem ceder uma parte dos vossos recursos de alojamento à Wikileaks, podem ajudar-nos», adianta o site.

4.12.10

A luta pela liberdade de informação 


O site do post anterior foi encerrado, após múltiplos ataques informáticos, presumivelmente do governo americano, que não gosta de informação isenta e transparente.

É possível, no entanto, aceder às informações que tramam a besta neste novo endereço: http://213.251.145.96/

De fazer fracassar a luta que o governo americano trava para calar este site depende vivermos num mundo mais livre.

Archives

links to this post

Agosto 2003   Setembro 2003   Outubro 2003   Novembro 2003   Dezembro 2003   Janeiro 2004   Fevereiro 2004   Março 2004   Abril 2004   Maio 2004   Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Junho 2005   Julho 2005   Agosto 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007   Abril 2007   Maio 2007   Junho 2007   Julho 2007   Agosto 2007   Setembro 2007   Outubro 2007   Novembro 2007   Dezembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Abril 2008   Maio 2008   Junho 2008   Julho 2008   Agosto 2008   Setembro 2008   Outubro 2008   Novembro 2008   Dezembro 2008   Janeiro 2009   Fevereiro 2009   Março 2009   Abril 2009   Maio 2009   Junho 2009   Julho 2009   Agosto 2009   Setembro 2009   Outubro 2009   Novembro 2009   Dezembro 2009   Janeiro 2010   Fevereiro 2010   Março 2010   Abril 2010   Maio 2010   Junho 2010   Julho 2010   Agosto 2010   Setembro 2010   Outubro 2010   Novembro 2010   Dezembro 2010   Janeiro 2011   Fevereiro 2011   Março 2011   Abril 2011   Maio 2011   Junho 2011   Julho 2011   Agosto 2011   Setembro 2011   Outubro 2011   Novembro 2011   Dezembro 2011   Janeiro 2012   Fevereiro 2012   Março 2012   Abril 2012   Maio 2012   Julho 2012   Agosto 2012   Setembro 2012   Outubro 2012   Novembro 2012   Dezembro 2012   Janeiro 2013   Março 2013   Abril 2013   Maio 2013   Julho 2013   Agosto 2013   Setembro 2013   Novembro 2013   Janeiro 2014   Março 2014   Maio 2014   Julho 2014   Agosto 2014   Janeiro 2015   Fevereiro 2015   Maio 2015   Junho 2015   Setembro 2015   Outubro 2015   Dezembro 2015   Abril 2016   Julho 2016   Setembro 2016   Novembro 2016  

Perdidos no Hiper-Espaço:

Em quarentena (Vírus linka-deslinka):

Desembarcados num Mundo Hospitaleiro:

Pára-arranca:

Sinais de Rádio do Espaço Cósmico:

Tele-transportes:

Exposição Temporária:


referer referrer referers referrers http_referer

This page is powered by Blogger. Isn't yours? Mail