<$BlogRSDUrl$>
Universos Assimétricos

Uma História de Agressão

3.5.08

Blogaláxia – fui eu que inventei! 


A 23 de Abril de 2004 eu escrevia o seguinte:

O único site no mundo a usar o termo blogaláxia foi este blog em 27 de Fevereiro [de 2004]. Assim o indicam as pesquisas no Google, no Altavista e no Sapo.
Pesquisas no Google dão também só 1 resultado para blogalaxie e 18 para blogalaxy.
E no entanto parece um termo de fácil adesão, até pela identidade entre a última letra de blog e a primeira de galáxia e que além disso retrata bastante bem esta parte do universo – a dos blogs. Aliás, viria na sequência doutras designações como Galáxia Gutenberg.
Já bloguniverso dá 6 resultados e bloguniverse dá 157. E blogosfera dá 779.


Passados 4 anos constato estarrecido que o Google dá 6.530.000 resultados para blogaláxia. Como é que pode ser?
Blogalaxie subiu para 1490 e blogalaxy subiu para 2110. Normal. Já blogosfera dá um salto assinalável de 779 para 4.160.000, que reflecte o uso intensivo que os blogs portugueses, e se calhar os brasileiros, têm feito do termo.

Mas passar de 1 para mais de 6 milhões… é obra. Porquê? Aparentemente, porque foi criado um motor de busca e fornecedor de alojamento de blogs com o endereço geral www.blogalaxia.com/, e extensões específicas nos países latinos, direccionado para a América latina.
Sabem o que é que isso significa! Não registei o termo e passei ao lado de um pacote de notas. Pelo menos nos filmes é assim que as coisas se passam!
Fica-me o orgulho de saber que fui o primeiro, tudo o indica, a usar a palavra blogaláxia.

posted by perplexo  # 01:38

Comments:
Tenho andado um pouco preguiçosa ... "calona" será mais o termo! Hoje passei para pôr a leitura em dia e deixar-te um abraço.
 
Tal como deve haver uma alma, algures num qualquer deposito de almas, que deve estar orgulhosa de ter inventado a roda!
 
Enviar um comentário

Archives

links to this post

Agosto 2003   Setembro 2003   Outubro 2003   Novembro 2003   Dezembro 2003   Janeiro 2004   Fevereiro 2004   Março 2004   Abril 2004   Maio 2004   Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Junho 2005   Julho 2005   Agosto 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007   Abril 2007   Maio 2007   Junho 2007   Julho 2007   Agosto 2007   Setembro 2007   Outubro 2007   Novembro 2007   Dezembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Abril 2008   Maio 2008   Junho 2008   Julho 2008   Agosto 2008   Setembro 2008   Outubro 2008   Novembro 2008   Dezembro 2008   Janeiro 2009   Fevereiro 2009   Março 2009   Abril 2009   Maio 2009   Junho 2009   Julho 2009   Agosto 2009   Setembro 2009   Outubro 2009   Novembro 2009   Dezembro 2009   Janeiro 2010   Fevereiro 2010   Março 2010   Abril 2010   Maio 2010   Junho 2010   Julho 2010   Agosto 2010   Setembro 2010   Outubro 2010   Novembro 2010   Dezembro 2010   Janeiro 2011   Fevereiro 2011   Março 2011   Abril 2011   Maio 2011   Junho 2011   Julho 2011   Agosto 2011   Setembro 2011   Outubro 2011   Novembro 2011   Dezembro 2011   Janeiro 2012   Fevereiro 2012   Março 2012   Abril 2012   Maio 2012   Julho 2012   Agosto 2012   Setembro 2012   Outubro 2012   Novembro 2012   Dezembro 2012   Janeiro 2013   Março 2013   Abril 2013   Maio 2013   Julho 2013   Agosto 2013   Setembro 2013   Novembro 2013   Janeiro 2014   Março 2014   Maio 2014   Julho 2014   Agosto 2014   Janeiro 2015   Fevereiro 2015   Maio 2015   Junho 2015   Setembro 2015   Outubro 2015   Dezembro 2015   Abril 2016   Julho 2016   Setembro 2016   Novembro 2016  

Perdidos no Hiper-Espaço:

Em quarentena (Vírus linka-deslinka):

Desembarcados num Mundo Hospitaleiro:

Pára-arranca:

Sinais de Rádio do Espaço Cósmico:

Tele-transportes:

Exposição Temporária:


referer referrer referers referrers http_referer

This page is powered by Blogger. Isn't yours? Mail