<$BlogRSDUrl$>
Universos Assimétricos

Uma História de Agressão

20.3.13

Em memória dum país mártir  



Faz hoje 10 anos que os criminosos no poder em Washington invadiram um país a funcionar razoavelmente bem, para a região, e desencadearam um processo de violência que já matou centenas de milhares de pessoas. O argumento – falso – era que o Iraque possuía armas de destruição maciça. Basearam-se num único testemunho, o de Rafid al-Janabi.

Este era um refugiado iraquiano na Alemanha e encontrou no embuste aos serviços secretos ocidentais a maneira de obter mais facilmente um visto de residência permanente. Estes serviços deixaram-se convencer pelo falsário e nunca tentaram obter informações sobre este refugiado, nem tentaram confirmar por outras fontes as “informações” que debitava. Deram-lhe um nome de código apropriado: Curveball.

Agora, 10 anos depois do início do desastre, sabe-se que Rafid era um ex-taxista iraquiano, classificado por quem o conhecia como “mentiroso inveterado”. A história vem toda no número 1045 da revista Visão.

É esta a superpotência que temos, uma vergonha para a espécie humana. Centenas de milhares morreram, o país foi destruído, mas ninguém foi a Conselho de Guerra, ninguém foi julgado por crimes contra a Humanidade, o país agressor não foi condenado a reconstruir o país destruído. 

posted by perplexo  # 10:30

Comments:
A Paz Americana substituiu a Paz Britânica, acreditou alguém; Qual é a próxima Paz que se pretende fazer substituir à Americana? A “nova” Paz Judaica mas agora com sede em Israel e com a sua Lei do Talmud que promete escravizar a todos os povos da Humanidade como para ilustrar os edificantes exemplos que já todos conhecemos dos crimes bolcheviques particularmente ao longo do reinado de Stalin, designadamente o genocídio de milhões de cidadãos só nesse período e o permanente terror imposto pelos idealizadores do regime comunista marxista leninista que foram os mesmíssimos bolcheviques, objectivo para o qual tem colaborado a Maçonaria em todo o mundo quando muitos dos seus membros, se não a maioria, ainda desconhecem a quem servem e muito menos dos verdadeiros objectivos da referida organização internacional? E que diferença faria se são já estes um Estado dentro do Estado Norte Americano particularmente desde que se apoderaram ilegítima e ilegalmente da Reserva Federal em 1913 quando têm vindo dirigindo e controlando os destinos daquele País e arrastando a Europa a partir do que se conhece como “London Connection”, aonde residem nas proximidades em suas opulentas ilhas privadas os idealizadores da Bolsa de Valores e donos da Banca de New York city?
“É esta a superpotência que temos, uma vergonha para a espécie humana”, sim, mas graças unicamente à existência de um Estado dentro do Estado Norte Americano, que é o poder Judaico Sionista. Quanto à justificação do criminoso ataque ao Iraque, é sabido que serviria qualquer outra.
Por último, depois de referir-se e muito bem dos crimes acometidos e do facto de ninguém ter comparecido em Conselho de Guerra, acrescenta-se “(…) o país agressor não foi condenado a reconstruir o país destruído.” Não me parece carecer-se aqui de comentários adicionais.
O que me parece, isso sim, é da necessidade do povo Norte-Americano, com a máxima urgência se ainda quiserem sobreviver, recuperar o seu destino enquanto Nação começando desde logo inevitavelmente pela recuperação da sua Federal Reserve que nunca deveria tornar-se privada, como acabou por acontecer no fim de um processo tão misterioso quão secreto e nunca esclarecido, com todas as consequências que só esse facto lhes trouxe em termos de perda de soberania a favor de uns quantos estrangeiros sobejamente conhecidos e que nunca foram nem serão jamais autênticos Norte-Americanos; que depois de assaltarem ao povo Norte-Americano e o destituir de sua Soberania Nacional, os escarnece e acusa dos crimes que eles próprios fizeram cometer.

 
Enviar um comentário

Archives

links to this post

Agosto 2003   Setembro 2003   Outubro 2003   Novembro 2003   Dezembro 2003   Janeiro 2004   Fevereiro 2004   Março 2004   Abril 2004   Maio 2004   Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Junho 2005   Julho 2005   Agosto 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007   Abril 2007   Maio 2007   Junho 2007   Julho 2007   Agosto 2007   Setembro 2007   Outubro 2007   Novembro 2007   Dezembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Abril 2008   Maio 2008   Junho 2008   Julho 2008   Agosto 2008   Setembro 2008   Outubro 2008   Novembro 2008   Dezembro 2008   Janeiro 2009   Fevereiro 2009   Março 2009   Abril 2009   Maio 2009   Junho 2009   Julho 2009   Agosto 2009   Setembro 2009   Outubro 2009   Novembro 2009   Dezembro 2009   Janeiro 2010   Fevereiro 2010   Março 2010   Abril 2010   Maio 2010   Junho 2010   Julho 2010   Agosto 2010   Setembro 2010   Outubro 2010   Novembro 2010   Dezembro 2010   Janeiro 2011   Fevereiro 2011   Março 2011   Abril 2011   Maio 2011   Junho 2011   Julho 2011   Agosto 2011   Setembro 2011   Outubro 2011   Novembro 2011   Dezembro 2011   Janeiro 2012   Fevereiro 2012   Março 2012   Abril 2012   Maio 2012   Julho 2012   Agosto 2012   Setembro 2012   Outubro 2012   Novembro 2012   Dezembro 2012   Janeiro 2013   Março 2013   Abril 2013   Maio 2013   Julho 2013   Agosto 2013   Setembro 2013   Novembro 2013   Janeiro 2014   Março 2014   Maio 2014   Julho 2014   Agosto 2014   Janeiro 2015   Fevereiro 2015   Maio 2015   Junho 2015   Setembro 2015   Outubro 2015   Dezembro 2015   Abril 2016   Julho 2016   Setembro 2016   Novembro 2016  

Perdidos no Hiper-Espaço:

Em quarentena (Vírus linka-deslinka):

Desembarcados num Mundo Hospitaleiro:

Pára-arranca:

Sinais de Rádio do Espaço Cósmico:

Tele-transportes:

Exposição Temporária:


referer referrer referers referrers http_referer

This page is powered by Blogger. Isn't yours? Mail