<$BlogRSDUrl$>
Universos Assimétricos

Uma História de Agressão

30.8.13

Teorias da conspiração 



É claro como a água que os Estados Unidos conspiram pelo domínio económico e político do mundo. Todas as guerras que impõem têm como objetivo a pilhagem dos recursos dos países em causa e a instauração de regimes dóceis, ou o seu lançamento em estado de guerra civil, para poderem manipular as fações a seu favor. Tem sido assim nas dezenas de guerras e golpes de estado que promoveram nos últimos cento e tal anos.

A Síria está na calha. Já lançaram a suspeita – recorrente e já usada no Kosovo, no Iraque, na Líbia, que me lembre – de utilização pelos regimes a derrubar, de armas proibidas, preparando a opinião pública, sempre um pouco adormecida e sempre de memória curta e muita apatia, para a intervenção armada que aí vem. Nunca lhes interessam as vidas dos povos desses países, mas sim o regime político subserviente que aí vão implantar.
Aliás, geralmente, são eles que fabricam essas armas.

O regime sírio sabe bem que um ataque químico é das poucas coisas que nunca pode fazer; não é parvo. Além de não precisar, por estar em vantagem, como dizem os analistas.
Não é de excluir que o massacre tão falado nos últimos dias seja uma encenação, como foram muitas das imagens de massacres no Kosovo. Não é de excluir que, a ter havido mortes, o ataque tenha sido lançado diretamente por um drone americano, ou por uma das fações amigas, ou pelo seu testa-de-ferro Israel.

A partir do ataque, a invasão está por dias. Há só uma démarche a fazer. É que também estas armas estão em evolução e teste. Há que enviar especialistas, integrados na comissão de verificação, para elaborarem relatórios pormenorizados dos efeitos observados e medidos, a fim de melhorar as armas químicas em eficácia mortal. Depois é só invadir.
Mais um povo mártir às mãos dos Estados Unidos.



Em presença de um sistema maquiavélico, as teorias da conspiração são as que têm maior probabilidade de verdade.

posted by perplexo  # 18:46

Comments:
Parabéns pela coragem de apontar o dedo à realidade dos factos com relação aos actuais crimes perpretados por quem toma a equivocada pretensão de, por divino e inescrutável decreto que ninguém conhece nem reconhece, dominar com vara de ferro o mundo já hoje excessivamente globalizado para o efeito, no sentido mais degradado e perverso.
 
Os detestados unidos da amérdica podem fazer o que quiserem pela calada e o que lhes apetecer às claras.
Se alguém se vira a eles leva também... depois queixam-se que têm as escolas cheias de bullys... que surpresa!!!
rod
 
Enviar um comentário

Archives

links to this post

Agosto 2003   Setembro 2003   Outubro 2003   Novembro 2003   Dezembro 2003   Janeiro 2004   Fevereiro 2004   Março 2004   Abril 2004   Maio 2004   Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004   Novembro 2004   Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Junho 2005   Julho 2005   Agosto 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Fevereiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Agosto 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007   Abril 2007   Maio 2007   Junho 2007   Julho 2007   Agosto 2007   Setembro 2007   Outubro 2007   Novembro 2007   Dezembro 2007   Janeiro 2008   Fevereiro 2008   Março 2008   Abril 2008   Maio 2008   Junho 2008   Julho 2008   Agosto 2008   Setembro 2008   Outubro 2008   Novembro 2008   Dezembro 2008   Janeiro 2009   Fevereiro 2009   Março 2009   Abril 2009   Maio 2009   Junho 2009   Julho 2009   Agosto 2009   Setembro 2009   Outubro 2009   Novembro 2009   Dezembro 2009   Janeiro 2010   Fevereiro 2010   Março 2010   Abril 2010   Maio 2010   Junho 2010   Julho 2010   Agosto 2010   Setembro 2010   Outubro 2010   Novembro 2010   Dezembro 2010   Janeiro 2011   Fevereiro 2011   Março 2011   Abril 2011   Maio 2011   Junho 2011   Julho 2011   Agosto 2011   Setembro 2011   Outubro 2011   Novembro 2011   Dezembro 2011   Janeiro 2012   Fevereiro 2012   Março 2012   Abril 2012   Maio 2012   Julho 2012   Agosto 2012   Setembro 2012   Outubro 2012   Novembro 2012   Dezembro 2012   Janeiro 2013   Março 2013   Abril 2013   Maio 2013   Julho 2013   Agosto 2013   Setembro 2013   Novembro 2013   Janeiro 2014   Março 2014   Maio 2014   Julho 2014   Agosto 2014   Janeiro 2015   Fevereiro 2015   Maio 2015   Junho 2015   Setembro 2015   Outubro 2015   Dezembro 2015   Abril 2016   Julho 2016   Setembro 2016   Novembro 2016  

Perdidos no Hiper-Espaço:

Em quarentena (Vírus linka-deslinka):

Desembarcados num Mundo Hospitaleiro:

Pára-arranca:

Sinais de Rádio do Espaço Cósmico:

Tele-transportes:

Exposição Temporária:


referer referrer referers referrers http_referer

This page is powered by Blogger. Isn't yours? Mail